terça-feira, 20 de agosto de 2019

REUNIÃO DA UNITINERANTE RESULTA EM PROPOSTAS DE FORMAÇÃO DE PARLAMENTOS LOCAIS NA REGIÂO DOS CAMPOS GERAIS DO PARANÁ

Nesta ultima sexta-feira, dia 16 de agosto de 2019, A Casa Latino-americana (CASLA) em conjunto com a Prefeitura Municipal de Rebouças promoveram a Terceira Reunião do Parlamento Unitinerante - Parlamento da Universidade Itinerante dos Direitos Humanos, da Natureza, pela Paz e Bem Viver, que ocorreu no âmbito do Evento Pré-Cepial 2019, intitulado "Por um Novo Parlemento: diálogos entre comunidades, universidades e agentes públicos”.




O ambiente de troca saberes e de sonhos futuros vivenciado na cidade de Rebouças por ocasião de quatro eventos regionais foi traduzido pelo Prof. Dr. Nilson Fraga (UEL), palestrante convidado para a 17a Feira Regional de Sementes Crioulas e da Agrobiodiversidade e também para a Reunião da Unitinerante. De acordo com o pesquisador:

“…Imaginem a pequena cidade de Rebouças, no interior do Paraná, com menos de 15 mil habitantes, realizando, entre os dias 16 e 18 de agosto de 2019, cinco eventos simultaneamente, todos eles ligados aos direitos civis de povos e comunidades que sonham em um mundo melhor, na paz e na justiça social. Isso faz dessa cidade paranaense, a Capital Brasileira da Resistência e do Modo de Vida de Comunidades Tradicionais. Estamos vivendo aqui, nesse dias, um pequeno, e mais do que digno, Fórum Social Brasileiro, embebecido com os ensinamentos populares. E, como bem disse o Monge João Maria: A terra é nossa mãe. A água é o sangue da terra-mãe. E eu digo: um outro mundo é sempre possível, que seja o mundo da felicidade, sonhado pelo povo caboclo do sertão paranaense e catarinense".




Incorporando o espírito democrático vivido pela cidade de Rebouças por ocasião do Pré-Cepial 2019, do 2º Encontro do Meio Ambiente, da 17° Feira Regional de Sementes Crioulas e da Agrobiodiversidade, do 2º Seminário Regional Sobre Alimentação Saudável e Consumo Consciente -  a Câmara de Vereadores do Município configurou-se em um espaço de diálogo entre 23 instituições regionais no intuito de pensar estratégias para a constituição de Parlamentos Unitinerantes Locais.

Destaca-se que os Parlamentos Unitinerantes configuram-se como instâncias consultivo-deliberativas basilares do Projeto, formadas por Representantes de Comunidades, Universidades, Agentes Públicos e Organizações sociais, a partir das quais emergem novos arranjos institucionais em escala local e regional capazes de viabilizar projetos de desenvolvimento local de comunidades rurais e urbanas em situação de risco e insegurança socioambientais.

A Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado do Paraná (SETI-PR), apoiadora do Projeto Unitinerante, fez-se presente na reunião, representada pelos Professores, Dr. Marcos Pelegrina (UNICENTRO) e Prof. Dr. Nicolas Floriani (UEPG); o Instituto Ambiental do Paraná, pela Dra. Margit Hauer e o Dr. Francisco Adyr Giberto Filho; representando a Superintendência Geral de Diálogos e Interação Social (SUDIS), a Sra. Elizete Bacil.

Da parte do Poder Público Municipal, participaram da reunião o Prefeito de Rebouças, Sr.Luiz Everaldo Zak, o Prefeito de Imbituva, Sr. Bertolodo Rover, que elogiaram a iniciativa e acenaram positivamente para o Projeto Unitinerante, destacando representantes diretos para a constituição dos Parlamentos Locais.



A Secretária Municipal de Ação Social de Irati, Sra. Siebel Dietrich, e o Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Rebouças, Sr. Laércio Antonio Cipriano, mostraram-se solidários à propostas de constituição de Parlamentos Unitinerantes nas suas respectivas cidades. A historiadora imbituvense e doutoranda em geografia da UEPG, Sra. Cleusi Bobato, foi destacada pelo prefeito de Imbituva como representante do poder público municipal no Parlamento local de Imbituva. 


Por parte das Universidades paranaenses, as seguintes instâncias acadêmicas se fizeram presentes: a Reitoria da UEPG, representada pelo assessor de gabinete, Prof. Dr. Milton Anfilo; o Diretor de Extensão e Cultura da UNESPAR, Prof. Dr. Marcelo Bourscheid; a Pró-Reitora de Extensão e Cultura da UNIOESTE, Profa. Dra. Sandra Regina Belotto e a Diretora de Extensão e Cultura, profa. Dra. Adriana de Mello; a Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Comunitário da UNICENTRO, Profa. Dra. Cristina Ide Fujinaga, o e prof. Dr. Alcir Humberto Rodrigues; , o Prof. Dr. Dimas Floriani, representando o Programa de Pós-graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento (MADE-UFPR); o Programa de Pós-graduação em Geografia da UEPG, representado pelo Prof. Dr. Almir Nabozny e pela Profa Dra. Maria Ligia Cassol Pinto; a Incubadora de Empreendimentos Solidários da UEPG, representada pelo Prof. Dr. Celbo Antonio Fonsceca Rosas (DEGEO); as acadêmicas Msc. Lucimara Nabozny, a Eng. de Alimentos Fernanda de Arruda Paes e a graduanda de Geografia, Ingrid Aparecida Zambilo, representando o Grupo de Pesquisa e Extensão Interconexões (UEPG/CNPq); os acadêmicos da UEPG, integrantes da IESOL, as Senhoras Tatyane Palacio Hilgemberg, Bianca Almeida Girardi, Luiza Lourenço Nunes Bemax e o Sr. Alesson P.L. Mendes.








O Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS/AMCESPAR) também fez-se presente  pelo Sr. Luis Fernando Zanon de Almeida; o Centro de Educação e Desenvolvimento dos sistemas Tradicionais de Erva-mate (CEDERVA), representado pelo Sr. João Francisco Miró; a Sra. Shayane Lachman e o Sr. Vilmar Zanon representando a APAE local; a Sra. Lediane M. L. Carraro, o Instituto Equipe de Educadores Populares (IEEP); os Senhores Michel Killer e o benzedor Pedro de Deus representando o Movimento Aprendizes da Sabedoria (MASA); o Sr. Leopoldo Toledo, presidente da Associação de Moradores do Faxinal Marmeleiro de Baixo e o Faxinalense Sr. João Iranildo Toledo; Sr. Arildo Portela presidente da Associação dos Moradores da Comunidade Remanescente de Quilombolas do Palmital dos Pretos; Sr. Benjamin Vieira Marques da Comunidade de Sete Saltos de Cima; os Faxinalenses da Comunidade do Sete Saltos de Baixo, Sra. Ena Rosa dos Santos Vieira e Sr. Antônio dos Santos Vieira; representando o Centro de Estudos e Treinamento em Agroecologia (CETA), Sr. Antônio Ostrufka; a Associação Solidária de Agroecologia de Ponta Grossa (ASAECO), representada pela Sra. Aparecida F. M. Teixeira, representando a Casa Latino-Americana estavam presentes a Dra. Gladys de Souza Sanchez e a Eng. Cartógrafa Cynthia Costa Cortes Patrício.










A Reunião coadunou na proposta de formação dos quatro primeiros Parlamentos Unitinerantes Locais do projeto: o Parlamento Unitinerante do Município de Imbituva e o Parlamento Unitinerante do Município de Rebouças, o Parlamento Unitinerante Local do Município de Irati, o Parlamento Unitinerante Local do Município de Ponta Grossa, formando o Parlamento Unitinerante Regional dos Campos Gerais. Estas instâncias locais  debaterão temáticas relativas ao tema "Bem Viver, Saúde e Desenvolvimento Local", buscando - por meio de metodologias inter e transdisciplinares realizar diagnósticos e planos de ações participativos, a fim de trazer alternativas e soluções conjuntas às comunidades representadas.






No tocante à agenda da Unitinerante, para o dia 13 de setembro de 2019, ficou acordada a primeira reunião do Parlamento Unitinerante Local de Ponta Grossa, onde se reunirão a Associação Solidária de Agroecologia de Ponta Grossa (ASAECO), representantes da Comunidade Quilombola do Palmital dos Pretos e Faxinalense Sete Saltos de Baixo, a Casa Latino Americana, a Incubadora de Empreendimentos Solidários (IESOL-UEPG), o Grupo de Pesquisa e Extensão Interconexões (CNPq-UEPG), o Programa de Pós-Graduação em Geografia (UEPG), representantes dos departamentos das áreas de Saúde, Ciências Sociais e Jurídicas da UEPG, bem como Ministério Público do Paraná, IAP e Prefeitura Municipal de Ponta Grossa.


terça-feira, 13 de agosto de 2019

CASLA E PREFEITURA DE REBOUÇAS PROMOVEM A III REUNIÃO DO PARLAMENTO UNITINERANTE:


A Casa Latino-americana (CASLA) em conjunto com a Prefeitura Municipal de Rebouças promovem, nesta próxima sexta-feira 16 de agosto de 2019, na sede do município, a Terceira Reunião do Parlamento Unitinerante - Parlamento da Universidade Itinerante dos Direitos Humanos, da Natureza, pela Paz e Bem Viver.

Coordenado pela CASLA e apoiado pela Superintendência de Ciência, Tecnologia. Ensino Superior do Estado do Paraná (SETI-PR) e pela Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social (SUDIS), o Projeto Unitinerante propõe reunir atores sociais locais (comunidades, agentes públicos e universidades) interessados em discutir estratégias para a promoção de uma nova cultura acadêmica que induzam a produção de práticas científicas socialmente pertinentes.

A promoção de uma nova cultura acadêmica capaz de impulsionar as universidades a sairem de seus enclaustros e do autismo disciplinar é um processo que deve priorizar práticas inter e transdisciplinares baseadas nos princípios da dialogicidade e horizontalidade de saberes, permitindo a produção de novos arranjos institucionais que viabilizem ações de desenvolvimento socioterritoral condizentes com as realidades locais.

O ato de assinatura do termo de adesão celebrará as parcerias institucionais que formarão os Parlamentos Unitinerantes Locais em municípios dos Campos Gerais e Litoral. Para tanto, o evento contará com autoridades dos Governos Estadual (SETI e SUDIS) e Municipal (as Prefeituras de Imbituva, Irati, Ponta Grossa e Rebouças); comunidades rurais tradicionais faxinalenses, quilombola, caiçara e benzedeiras (Sete Saltos de Baixo, Palmital dos Pretos, Marmeleiro de Baixo, Guaraguaçu); Organizações Sociais da Região (Movimento Aprendizes da Sabedoria - MASA, Instituto Equipe de Educadores Populares - IEEP, Associação Solidária de Agricultura Ecológica de Ponta Grossa e Região - ASAECO); Universidades do Estado: UEPG, UFPR, UNICENTRO, UEL, IFPR; Ministério Publico do Paraná e CASLA.

A Terceira Reunião do Parlamento Unitinerante ocorrerá no âmbito do Pré-Cepial 2019 que tem como tema desta edição “Por um parlamento Plural: diálogos entre Comunidades, Universidades e Agentes Públicos”. 





O Pré-Cepial marcará ao início das atividades de organização do VI Congresso Internacional de Educação e Cultura para a Integração da América Latina, a ser sediado na Universidade Federal de Santa Maria em julho de 2020.

A programação da Reunião do Parlamento Unitinerante encontra-se disponível a seguir:





quinta-feira, 8 de agosto de 2019

UNITINERANTE REUNE-SE COM PREFEITURAS DE IMBITUVA E PONTA GROSSA

Nos dia 07 e 08 de agosto de 2019, a equipe coordenadora do Projeto Unitinerante reuniu-se com prefeito e secretarias das Prefeituras Municipais de Imbituva-PR e de Ponta Grossa-PR.

Recebidos pelo Prefeito de Imbituva Bertoldo Rover, a equipe de coordenação da UNITINERANTE - representada na ocasião pela Dra. Gladys Renée de Souza Sanchez (CASLA), Dr. Dimas Floriani (UFPR), Nicolas Floriani (UEPG) e Cleusi Bobato Stadler (UEPG), apresentou os objetivos do projeto, convidando a Prefeitura de Imbituva para participar do Parlamento Unitinerante.

Sensível aos princípios do Parlamento Unitinerante, o Prefeito de Imbituva contextualizou as atuais demandas do município destacando as questões de saúde e agricultura familiar como prioritárias. 

Acenando positivamente com engajamento integral da prefeitura no Parlamento, Bertoldo Rover destacou ações de desenvolvimento local, tais como a formação de cooperativa de produtores de morango orgânico e o incentivo ao resgate dos saberes da medicina e da fitoterapia populares do município.



O Prefeito de Imbituva destacou também a importância da UNITINERANTE para viabilizar estágios de residência médica, psicológicas entre outras, bem como a necessidade de se realizarem novas estratégias acadêmicas para garantirem a reprodução dos saberes da agrobiodiversidade local em escolas rurais.

Nesse sentido, o trabalho da Doutoranda da Geografia da UEPG, Cleusi Bobato Stadler foi elogiado pelo prefeito quando do reconhecimento do desenvolvimento de uma rede local de guardiões da agrobiodiversidade e dos saberes da medicina popular, incluindo benzedeiras. Da mesma maneira a Dra. Gladys de Souza Sanchez destacou a importância de se incentivar a valorização dos saberes populares de parteiras e do diálogo com as ciências médicas dentro das universidades.

Após a importante conversa, o prof. Dr. Nicolas Floriani (UEPG)  representando a SETI no projeto UNitinerante, convidou o gestor público para evento PRÉ-CEPIAL 2019, no dia 16 de agosto de 2019, quando se celebrará a assinatura formal de termos de adesão ao Projeto no Município de Rebouças.

A Unitinerante também esteve presente na Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, dialogando com duas destacadas instâncias executivas do governo: a Secretaria Municipal de Políticas Públicas Sociais (SMPPS) e a Diretoria de Assuntos Comunitários (DAC). 

Na SMPPS, as Dras. Isane Igewehr Kanson e Jocemara Aparecida dos Santos receberam a comissão executiva da Unitinerante. Após a exposição dos princípios e objetivos do Parlamento Unitinerante, as representantes da referida secretaria apresentaram algumas ações sociais relevantes que poderiam servir como exemplos de estratégias sinérgicas para o Projeto, tais como Unidades Móveis do CRAS, Unidades de Produção de Alimentos, Feira Orgânica, Banho e Varal Solidário. 


Na Diretoria de Assuntos Comunitários da Prefeitura de Ponta Grossa, instância executiva e de intervenção social direta nos bairros rurais e urbanos carentes da cidade. O diretor de assuntos comunitário, Paulo Sérgio recebeu com apreço a Equipe Unitinerante, explicando-lhe as ações e objetivos da DAC.





De acordo com Paulo Sérgio, o diálogo direto com as lideranças comunitárias dá a tônica às ações públicas encampadas pelo governo municipal: todas as tomadas de decisão emergem da base comunitária e, portanto, tem aderência com os princípios dialógicos da UNITINERANTE, discorre Paulo Sérgio.




Resumidamente, as reuniões e conversas realizadas com os citados agentes público mostraram-se muito profícuas no sentido de apontarem engajamentos concretos ao Parlamento Unitinerante, cujo ato de celebração das assinaturas dos termos de anuência ao Parlamento Unitinerante será realizado na sede da Prefeitura de Rebouças, no dia 16 de agosto de 2019, durante a 17 Feira Regional de Sementes Crioulas e da Agrobiodiversidade.


segunda-feira, 5 de agosto de 2019

UNITINERANTE EM IRATI E REBOUÇAS: ENCONTRO COM PREFEITO, VICE-PREFEITO E SECRETÁRIO(A)S MUNICIPAIS (05/08/2019)

No dia 05 de agosto de 2019, a Equipe de Coordenação da UNITINERANTE reuniu-se com prefeitos, vice-prefeitos e secretários municipais de Irati e Rebouças para engajaram-se no projeto e participarem do Parlamento Unitinerante Regional.

Em reunião na Prefeitura Municipal de Irati, o coordenador da Universidade Itinerante pelos Direitos Humanos  da Natureza  pela Paz e Bem Viver (Unitinerante) pela SETI, Prof. Nicolas Floriani (UEPG), juntamente com a Dra. Gladys Renée de Souza Sanchez (CASLA) e o Prof. Dimas Floriani (UFPR-CASLA) foram recebidos pelo Prefeito de Irati, Sr. Jorge Derbli e as secretárias municipais de Saúde, Magali Salete de Camargo e de Assistência Social, Sybil Dietrich.





O diálogo foi muito produtivo, uma vez que permitiu esclarecer os objetivos do Parlamento Unitinerante, sua metodologia e o momento atual do desenvolvimento do mesmo.

Por sua vez, as autoridades municipais apresentaram algumas das políticas públicas, principalmente na área de saúde e manifestaram interesse em acompanhar as diversas fases de implantação da proposta, sendo que a mesma deverá ainda iniciar os diagnósticos sobre os principais problemas identificados nos municípios escolhidos (Rebouças, Irati, Ponta Grossa e Imbituva) para a elaboração do projeto piloto, conjuntamente com UEPG e UNICENTRO.


Pela parte da tarde, na Prefeitura de Rebouças a equipe de coordenação da Unitinerante foi atendida pelo Vice-Prefeito, Sr. Fábio Chiqueto, pelo Secretário de Agricultura, Sr. Laércio Cipriano, pelas professoras responsáveis da Secretária Municipal de Educação Rogéria Ducat, Rejane Ducat de Melo e Maria Ivete.




A Prefeitura de Rebouças tem mantido um diálogo anterior com a Unitinerante, especialmente com os projetos de desenvolvimento local das comunidades faxinalenses, desde a secretaria de agricultura, com o secretário Laércio Cipriano com quem discutimos a possibilidade de realizarmos em 16 de agosto de 2019 a assinatura do termo de adesão ao projeto Parlamento Unitinerante pelas prefeituras, comunidades, universidades e organizações sociais presentes
no evento, aproveitando a realização da 17a. Feira Regional de Sementes Crioulas e da Agrobiodiversidade na cidade de Rebouças, em comemoração à inauguração do Parque ambiental Monge João Maria, onde reencontram nascentes (olhos d'água) abençoadas pelo santo popular.






O vice-prefeito sublinhou a importância da parceria no Projeto e sua participação no Parlamento Unitinerante. Destacou que o envolvimento dos diversos atores é da maior relevância para o êxito da iniciativa.

Nota: 

Entidades Participantes do Projeto Unitinerante até o presente Momento: CASLA, SETI, SUDIS, Prefeitura de Irati, Prefeitura de Rebouças, Prefeitura de Ponta Grossa, UEPG, UFPR, IFPR-Paranaguá, UNICENTRO, UNESPAR, UNIOESTE, PPGMADE-UFPR, PPGIDC-UNICENTRO, Comunidade Palmital dos Pretos, ASAECO, Sete Saltos de Baixo, MASA, IEEP.

Equipe da Coordenação do Projeto:

Arlete Dias Moraes, Cynthia Patricio, Dinéia de Freitas, Gladys Reneé de Souza Sanchez, Dimas Floriani e Nicolas Floriani.

quinta-feira, 1 de agosto de 2019

PRIMEIRA REUNIÃO OFICIAL DA UNITINERANTE

Casa Latino-americana promoveu no dia 29 de julho de 2019 a Primeira Reunião Oficial do Projeto UNITINERANTE.

Presentes na reunião dezesseis instituições para discutirem a proposta, as formas de engajamento e constituição do Parlamento Unitinerante, instância consultivo-deliberativa do Programa Unitinetante: SETI (Representada pelo Prof.Dr. Nicolas Floriani - UEPG e Sra. Dinéia Alves de Freitas); SUDIS (Sr. Roland Rutyna; Sra. Desireé Santiago; Sra. Joseli Collaço, Sr.Nelson Andrade, Prof. Denis Denilto); Ministério Público do Paraná (Procurador de Meio Ambiente do Estado do Paraná Dr. Saint Clair Honorato dos Santos); Prefeitura Municipal de Rebouças (Secretario de Agricultura Sr. Laércio Antônio Cipriano); CVC (Vereadora Josete Dubiaski da Silva); UEPG (Diretora de Extensão Profa. Cristina Bercer Fadel e Prof. Dr. Paulo Cesar de Lara); UNICENTRO-Irati (Pró-Reitora de Extensão Profa. Dra. Cristina Ide Fujinaga); UNICENTRO-Guarapuava (Prof.Dr. Paulo Nobukuni) Fundação; Araucária (Dr. Nilceu Jacob Deitos); Prefeitura de Ponta Grossa (Jornalista Rodrigo Kwiatkowski da Silva, SMED); UFPR (Profa. Dra. Maria Rita Michalski da PROEC, Prof. Dr. Valdir Denardin, Profa. Dra. Mayra Taysa Sulzbach e Profa. Dra. Manuela Dreyer da Silva; Drando. Diego G. Silveria e Drando. Roberto J. Kosop do PPGMADE); (Profa. Dra. Larissa Ramina da PRPPG); Instituto Paz e Terra (Sr. Jorge Ramirez); UNESPAR (Prof. Dr. Marcelo Burscheid); IFPR-Paranaguá (Prof. Dr. Antonio Haliski); Comunidade Caiçara do Guaraguaçu (Sra. Conceição Ramos); Comunidade Quilombola do Palmital dos Pretos (Sr. Arildo Portela) e ASAECO - Associação Solidária de Agricultura Ecológica de Ponta Grossa (Sr. Benjamin Marques Vieira); UNIOESTE (Profa. Dra. Adriana de Mello); IEEP - Instituto Equipe de Educadores Populares (Sra. Lediane Menezes Lourenço Carraro); MASA - Movimento Aprendizes da Sabedoria (Sr. Leandro Gibathe); AMBIENS Cooperativa (Ms. Abner Piccinato); CASLA (Médica Dra. Gladys de Souza Sanchez, Prof.Dr. Dimas Floriani, Sra. Arlete Dias Moraes, Sra. Cynthia Cortes Patricio).

O encontro iniciou-se às 14h00 com as boas vindas da Dra. Gladys de Souza Sanchez, presidente da CASLA, que ressaltou a importância dos atores sociais derrubarem os muros reais e imaginários entre as instituições e entre os indivíduos, no sentido de gerar ações positivas e sinérgicas capazes de transformar a dura realidade de comunidades urbanas, rurais e litorâneas em situação de insegurança socioambiental. 

Na mesma tônica, o prof. Dr. Dimas Floriani ressaltou a importância de gerarmos uma nova cultura academia que permita induzir formas alternativas de se produzir ciência em base a uma ecologia das práticas que permita a superação das desigualdades epistêmicas e os fossos entre as formas de pensamento, isto é, entre o saber prático cotidiano e o saber científico.

Na sequência, o Prof. Dr. Nicolas Floriani da UEPG, coordenador acadêmico do Projeto, apresenta os objetivos da proposta e o modelo de organização doParlamento Unitinerante e das Comissões Temáticas Inter-Transdisciplinares dele derivadas. Ademais, na sequencia da exposição, o referido professor apresentou as possíveis formas gerais de atuação e contrapartidas institucionais de cada ator envolvido (SETI, SUDIS, Ministério Público, Comunidades, Universidades, Prefeituras e Escolas), destacando-se as formas de atuação das Pró-reitorias de Extensão, de Pesquisa e Pós-Graduação e de Graduação de cada IES participante.


Outro tema levado à apreciação e conduzido pela Dra. Arlete Moraes (CASLA) tratou da questão da viabilização formal de parcerias institucionais e estratégias de apoio às chamadas públicas aos projetos de origem acadêmico-público-comunitários chancelados pelos Parlamentos Regionais Unitinerantes, com vistas ao desenvolvimento socioterritorial de comunidades em situação de insegurança socioambiental.

Após, abriu-se a reunião para as contribuições da plenária, de onde surgiram diversas sugestões dos participantes. No seu conjunto, foi consenso entre as entidades o caráter inovador do projeto e a importância de criar espaços de diálogo entre as organizações sociais, poder público e universidades para que, em conjunto e de forma participativa, se realizem diagnósticos em comunidades urbanas e rurais  a fim de empoderá-las no processo de construção de políticas públicas que priorizem o desenvolvimento socioterritorial.


Dentre as questões discutidas, apareceram a necessidade de criação de uma plataforma virtual de projetos extensionistas,  formas participativas e democráticas de tomadas de decisões, critérios de escolha dos projetos, modalidades de financiamentos, políticas de incentivo dentro das IES signatarias, critérios de avaliação dos projetos baseados nos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – Desafios do Milênio), aproximações com outras redes, interações mais efetivas entre a pós-graduação  e a extensão adequando-se os instrumentos de intervenção entre  pró-reitorias (extensão, ensino e pesquisa), necessidade de se garantir instraestrutura mínima, destacando-se transporte para acesso às comunidades, criação dentro do projeto de comissões de atendimento à situações de urgência para buscar sanar questões de insegurança socioambiental nas comunidades parceiras.

Por fim, as entidades sinalizaram positivamente para a formalização de parcerias , no dia 16 de agosto de 2019, quando será realizada a Segunda Reunião Oficial da Unitinerante . A reunião será realizada na sede da cidade de Rebouças, onde a sua Prefeitura Municipal celebra a parceria no projeto.