terça-feira, 17 de março de 2020

Unitinerante convida prefeituras de Imbituva e Imbaú para integrarem projetos NEA e Feira Unitinerantes para o Bem Viver

Na última sexta-feira (13), a equipe do Programa Unitinerante viajou até as cidades paranaenses de Imbituva e Imbaú para convidar os prefeitos e secretários municipais a integrarem o Programa.

A visita objetivou o estabelecimento de parcerias entre as municipalidades para  apoio aos projetos que visam o desenvolvimento local, tais como o NEA (Núcleo de Estudos em Agroecologia) e a Casa Unitinerante para o Bem Viver.

O NEA é um projeto federal de 2016 financiado por diversas instituições, tais como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 􏰀 MAPA, o Ministério da Educação 􏰀 MEC e a extinta Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, tendo como um dos objetivos "(...) apoiar projetos que integrem ensino, pesquisa e extensão voltados à construção e socialização de conhecimentos e técnicas relacionados à Agroecologia e à Produção Orgânica, bem como à promoção dos Sistemas Orgânicos de Produção". 

Sob a Coordenação do Prof. Dr. Nicolas Floriani (UEPG-SETI), o "Núcleo de Estudos e Capacitação Sociotécnica de Populações Tradicionais em Agroecologia nos Territórios Faxinalenses" (Chamada CNPq No 21/2016)" busca capacitar agricultores e agricultoras em agroecologia e instalar unidades de referências agroecológicas em estabelecimentos familiares incluídos nos territórios faxinalenses (e remanescentes de faxinais). 

Complementarmente, o projeto "Casa Unitinerante para o Bem Viver" procura apoiar os projetos de desenvolvimento local a partir da criação de espaços solidários de trocas de saberes e experiências nas áreas de agricultura, saúde, cultura. 

Promovendo oficinas participativas e cursos de capacitação nas diferentes temáticas demandadas pelos Parlamentos Unitinerantes - de base comunitária, a Casa do Bem Viver torna-se um espaço democrático onde se discutem os problemas locais e se delibera por projetos e ações conjuntas entre os atores sociais integrantes desse Parlamento: poderes públicos municipais e estaduais (prefeituras conselhos, ministério público), comunidades rurais e urbana, organizações sociais e universidades.  

De mesmo modo, a " Feira Unitinerante para o Bem Viver", pertencente à Casa do Bem Viver, busca criar espaços solidários e ecológicos de produção e consumo em centros urbanos, de maneira a promover a geração complementar de renda de estabelecimentos familiares, preferencialmente, daqueles de produção de base ecológica e de agricultore(a)s participantes de NEAs  Unitinerantes. 

A primeira Feira Unitinerante para o Bem Viver deverá ser instalada na sede da Casa Latino-americana, localizada no Largo da Ordem, Centro de Curitiba, a partir do segundo semestre de 2020.

Na Prefeitura de Imbituva, as propostas da equipe Unitinerante foram muito bem recebidas pelo atual Prefeito Bertoldo Rover, pelo Secretário Municipal de Agricultura, Renato Schwab, e pelo Gerente Administrativo da Cooperativa de Desenvolvimento Sustentável de Agricultura Familiar de Ivaí (CODESAFI), filial em Imbituva, Sr. Luis Antonio Martins de Oliveira.

Da esquerda para a direita, presentes: Prefeito de Imbituva Bertoldo Rover, Prof. Dr. Nicolas Floriani (UEPG-SETI), Sra. Fernanda Penteado (UEPG), Prof. Dr. Dimas Floriani (MADE-UFPR), Dra. Gladys de Souza Sanchez (CASLA), Sr. Luis Antonio Martins de Oliveira (CODESAFI) e Sr. Renato Schwab (SMA).

Assinalando positivamente, o Prefeito e o Secretário de Agricultura se prontificaram em apoiar os projetos do NEA e da Feira Unitinerantes cedendo um espaço para a exposição, venda de produtos e cursos de capacitação, bem como transporte necessário às visitas de campo para os agricultores e seus produtos. 

Igualmente importante foi a participação da CODESAFI na reunião. Em visita à planta de beneficiamento, armazenamento e transporte da filial da cooperativa em Imbituva, o Gerente Administrativo mostrou à equipe Unitinerante a instraestrutura e os alimentos beneficiados produzidos por 148 cooperados, distribuídos em cinco municípios da região. Para o gerente, a Ideia do NEA e da Feira vem ao encontro dos objetivos da cooperativa de aderir a um novo modelo produtivo (agroecológico) e criar novos circuitos de comercialização.


Dra. Gladys de Souza Sanchez (CASLA), Sr. Luis Antonio (CODESAFI) e Prof. Dimas Floriani (MADE-UFPR) reunidos na Unidade de beneficiamento e transporte de produtos da CODESAFI, em Imbituva-PR.


Na mesma sexta-feira, pela tarde, a Equipe Unitinerante visitou a prefeitura Municipal de Imbaú, sendo recebida pelo Prefeito Sr. Laurir de Oliveira, o Secretário de Gabinete, Alcino Mendes e o Presidente da Câmara de Vereadores, Floriano Ferreira Pedroso.

Da mesma forma que em Imbituva, o poder público municipal de Imbaú se mostrou bastante solícito em apoiar a proposta do NEA e da Feira UNitinerante para o Bem Viver, especificamente em territórios faxinalenses e demais estabelecimentos familiares a fim de estimular e promover a conversão e consolidação de sistemas agroecológicos no município.

Da esquerda para a direita: o Secretário de Gabinete, Alcino Mendes; Prof Dr. Nicolas Floriani (UEPG-SETI); Prof. Dr. Dimas Floriani (MADE-UFPR); Dra, Gladys de Souza Sanchez (CASLA); Prefeito de Imbaú, Sr. Laurir de Oliveira; Presidente da Câmara de Vereadores, Sr. Floriano Ferreira Pedroso; Prof.Gustavo Bahr (IFPR-Telêmaco Borba).
Particularmente, as comunidades faxinalenses têm sido uma área de atuação  do Professor Gustavo Bahr (IFPR), integrante da Unitinerante, que também participou da reunião. De acordo com o professor do IFPR, a população rural da Charqueada dos Betim, constitui-se numa comunidade que herdou o modo de vida tradicional faxinalense, de maneira que atualmente este coletivo vem realizando solicitações juntos aos poderes públicos, organizações sociais e institutos para o reconhecimento de sua identidade socioterritorial. 

Por fim, uma das propostas da Equipe Unitinerante foi realização de um encontro entre os Secretários Municipais e demais atores envolvidos para o estabelecimento de uma agenda de ações para o anos de 2020.




Por Nicolas Floriani
Curitiba, 17 de março de 2020